Perfeição

Sabe os detalhes? Aqueles pequenos que acabam por passarem despercebidos, Eles passam aos olhos que insistem no ser “humano”. Ao enxergar a vida com olhos humanos ficamos incapacitados em ver a vida como ela realmente é. Dizem que os olhos são as janelas d’alma Há a alma Cores formas aromas A vida amor Carinho caríciasContinuar lendo “Perfeição”

Violência substantivo feminino

“Reze para que seja menino”, é a frase que encerra o livro Reze pelas mulheres roubadas, de Jennifer Clement. Revelá-la não é nenhum spoiler, pois isso vêm à mente diversas vezes durante a leitura. A obra ficcional, infelizmente, se ampara na realidade mexicana de mulheres que são sequestradas para servirem a narcotraficantes ou traficantes deContinuar lendo “Violência substantivo feminino”

A maternidade das mães

Ser mãe é padecer no paraíso, dizem. O fato é que, com as mulheres tomando cada vez mais espaço na cena literária e o debate feminista avançando na sociedade, mais a maternidade é trazida para o foco das narrativas. Em As mães são muitas, de Katixa Agirre, lançado este ano pela Primavera Editorial, duas maternidadesContinuar lendo “A maternidade das mães”

Maria mulher

Maria cresceu ouvindo a mãe lhe ensinar: Homem gosta de mulher esperta, Que saiba lavar e cozinhar. Maria foi doutrinada, treinada a se dedicar. Casou, teve filhos, limpou, cozinhou, foi mãe, foi casada. Maria com o tempo se libertou das amarras. Aprendeu com a vida que estudar, também, precisava. Depois dos filhos adultos, se formouContinuar lendo “Maria mulher”

A paz que falta ao mundo

O cenário geopolítico está em constante transformação: estima-se que atualmente há em torno de trinta conflitos ocorrendo. O mundo vive num estado permanente de guerras que se arrastam em embates internos ou externos, alguns desde os anos 90, outros desde muito antes. Para ilustrar essa afirmação, os conflitos na primeira guerra mundial ocasionaram a quedaContinuar lendo “A paz que falta ao mundo”

Mulher

Desde o início do mundo teve destaqueSuas decisões causaram polêmicasLevaram ao pecadoSão mulheres, afinal…DelicadasSensíveisOh, Coitadas!Incapazes?Que nada…SolteirasMães solosEsposasAdotadasFortesDonas de jornaisEscritorasArtesãsCorajosasMulheres destacadasDiferenciadasÀ frente do tempoAmadasMulheres determinadasBem sucedidasRealizadasReginasJeanesAntoniasFranciscasTantas, tantas e tantas…Sintam-se todas homenageadas! Autora Jeane Lima é graduada em Letras pela UNICSUL-SP e pós-graduada em Língua Portuguesa pela mesma instituição. Escritora de Contos, Microcontos, Crônicas e Poesias, possuiContinuar lendo “Mulher”

Como ser mulher em março

“Não adianta: feminista só é bem-vinda uma vez ao ano. Eu me sinto praticamente um panetone, com a diferença que o panetone (ou, sua versão de chocolate, pelo menos) é consenso; feminista, não.” estas palavras são de Marcella Rosa Abboud no livro Como sobreviver ao 8 de março e nos provocam sobre como a sociedadeContinuar lendo “Como ser mulher em março”

Passar de fase

Nível 5, força 67, resistência 30. Nos jogos virtuais nós conhecemos profundamente as forças e fraquezas das personagens que controlamos. Mas e as nossas próprias? No ensejo de demonstrar que é capaz das maiores proezas, o ser humano sempre buscou o enfrentamento de diversos tipos de provações que fortificassem a sua autoafirmação como uma pessoaContinuar lendo “Passar de fase”