Sonho

De repente ele nasce Trazendo cores em nossas vidas Florindo nosso jardim Com várias espécies ambíguas Renova-se pela manhã Por anos permanece Enche o peito de esperança Quando não adormece Gostoso é quando ele acorda Desabrocha, revigora E grita pro infinito Enfim, chegou a hora! Tem nome de doce saboroso Verte nossas vidas em ganhoContinuar lendo “Sonho”

Maria mulher

Maria cresceu ouvindo a mãe lhe ensinar: Homem gosta de mulher esperta, Que saiba lavar e cozinhar. Maria foi doutrinada, treinada a se dedicar. Casou, teve filhos, limpou, cozinhou, foi mãe, foi casada. Maria com o tempo se libertou das amarras. Aprendeu com a vida que estudar, também, precisava. Depois dos filhos adultos, se formouContinuar lendo “Maria mulher”

Rock’n Roll

O frescor da juventude Trouxe-me muitas descobertas Amizades e boa música tornaram a mim poeta No final de semana, reuniões inesquecíveis Música, dança… Como éramos felizes! Enquanto Dire Straits tocava Sultans of Swing Balançar a cabeça ao som do Skid Row Era como experimentar o primeiro amor Numa época em que a Legião Urbana ConfirmavaContinuar lendo “Rock’n Roll”

Apaixonar-se

Apaixonei-me por teus olhos cintilantes teus lábios marcantes abraços entusiasmantes tua euforia cativante Apaixonei-me pelo teu cheiro forte que impregnou meus sentidos deixando-me perdida entregue à própria sorte Não obstante retomei o controle abandonando as expectativas de amor para uma vida Enquanto você sem demora embriagava outros corpos tecendo tua mentira como outrora. Autora JeaneContinuar lendo “Apaixonar-se”

Amanhã talvez

Talvez amanhã seja despertado um novo prazerUm novo desejo de ser, que impulsione a acontecerTalvez amanhã haja mais luz com o solMais água no mar, menos peixe no anzol Talvez amanhã queira rir mais, falar maisSer ainda mais feliz, enfim… Talvez amanhã saia para dançar e volte a amarOu quem sabe, deliciar-se em si. TalvezContinuar lendo “Amanhã talvez”

Alison

Acordou naquele dia, sabendo que seria diferente. Pegou a toalha, seguiu para o banho contente. Demorou no chuveiro, sem pressa, tinha algo em mente. Hoje seria feliz, viveria o seu presente. Pegou o belo vestido, guardado para sempre. Vestiu a meia calça, passou a mão no pente. Prendeu o cabelo num coque, bem diferente. CalçouContinuar lendo “Alison”

Estrada

Por vezes, tudoPor outras, nadaMovidos por sentidosSigamos na estradaCom tropeços e desviosNão desistimos dos desafiosVenha tempestadeSol de racharContinuamos, persistimosFirmes, sem pararO desânimo tentaráNosso ânimo invalidarSejamos corajososErgamos os ombrosA cabeça e o olharDo passado – aprendizadoDo presente – superaçãoNo futuro – colheitaOnde chegaremos?Definirá nossa determinação Autora Jeane Lima é graduada em Letras pela UNICSUL-SP e pós-graduadaContinuar lendo “Estrada”

Mulher

Desde o início do mundo teve destaqueSuas decisões causaram polêmicasLevaram ao pecadoSão mulheres, afinal…DelicadasSensíveisOh, Coitadas!Incapazes?Que nada…SolteirasMães solosEsposasAdotadasFortesDonas de jornaisEscritorasArtesãsCorajosasMulheres destacadasDiferenciadasÀ frente do tempoAmadasMulheres determinadasBem sucedidasRealizadasReginasJeanesAntoniasFranciscasTantas, tantas e tantas…Sintam-se todas homenageadas! Autora Jeane Lima é graduada em Letras pela UNICSUL-SP e pós-graduada em Língua Portuguesa pela mesma instituição. Escritora de Contos, Microcontos, Crônicas e Poesias, possuiContinuar lendo “Mulher”

O Alvo

Cogitava findo, acabado – no entanto,do início recomeçou:Olhares tímidos, risos sedutores, juras de amor…Era tudo como dantes e sempre; logo desmoronouZerado parecia, mas, novamente, a soma defluía Palavras agradáveis, cafés, bolo e cobertor…O relógio gira, o tempo voa,E continuamos dançando a música que a vida entoa:Por que retroceder, quando podes ir além?A vida é tuaContinuar lendo “O Alvo”