Descrença

Acusa-me de não querer seu deus pois me entende poeta. Ora, no poeta também habita a vida e a crença científica, por isso renega aos dogmas e todos os ritos extirpa. Bem verdade que tu nada entende de sativa, nem de poetas suicidas, as mal curadas feridas tombos e vendavais… Hecatombe, haja! Fez-se: o tempoContinuar lendo “Descrença”

Amor de Poeta

O Amor de Poeta É:a luz molhando o fundo do lago,a folha sem caminho que prefere o chão,um príncipe de coração embaralhado,borboletas que convidam para seu sonho,uma piada sem graça no meio da noite,mas também a noite sem graça no meio da piada,um livro abandonado sem dó,as pedras que alimentam um rio,uma mancha em umContinuar lendo “Amor de Poeta”

Recomeço

No rasto encalço ao morrer esqueço, a morte finda tudo. Recomeço. Ao nascer do sol no teu calor me aqueço, me nutre e me refaz. Recomeço. Dias subtraem horas, o relógio larapia o tempo quando em movimento. Recomeço. Ocaso marinho azula todo o firmamento antes cinzento. Depois a noite escoa pela madrugada a dentro, tudoContinuar lendo “Recomeço”

Amanhã talvez

Talvez amanhã seja despertado um novo prazerUm novo desejo de ser, que impulsione a acontecerTalvez amanhã haja mais luz com o solMais água no mar, menos peixe no anzol Talvez amanhã queira rir mais, falar maisSer ainda mais feliz, enfim… Talvez amanhã saia para dançar e volte a amarOu quem sabe, deliciar-se em si. TalvezContinuar lendo “Amanhã talvez”

Sou Poeta

Sou poeta! telhudo… sou espectador das estrelas. Mesmo em noite anuviada eu espero a madrugada mirando no céu, entrevendo-as. Sou de lua! de veneta… sou astrólogo de buraco negro, astronauta e trovador. Eu canto a miséria do povo e canto também o amor. A estrela é pro céu como pro jardim é a flor, FerreiraContinuar lendo “Sou Poeta”

Horóscopo News

Extra! Extra! notícia direta dos astros parece que os planetas se alinharam a seu favor uma bruxa me contou: és animal sensível criança sem tutor poeta sem mentor faça algo! faça! tudo a ti está promissor o que quiser fazer concretizar-se-á mas só alcançará se algo iniciar és réu no seu julgamento mental executor daContinuar lendo “Horóscopo News”

Escrevo pra ti

Esvai de mim a palavra, transpiro um bocado de versos a estrofe que o papel traga vinda de mundos diversos. Se me demoro neste ritmo, dois livros este ano publico num, lamento o corpo morrendo noutro, peço amparo ao espírito. Então venha, espectro escuro, possua-me, me faça teu submerso num lirismo puro da era deContinuar lendo “Escrevo pra ti”

Haicai

Há coisas na vida que não combinam. Tipo: isqueiro novo, pontinha e bigode. Poema extraído do livro “O Mundo do Poeta”, 2020. Autor Mário L. Cardinale é capriconiano, natural de Poá município da Grande São Paulo. Formado em Farmácia, atualmente embrenha-se no estudo das humanidades, sendo a filosofia, a política, a música e a literaturaContinuar lendo “Haicai”

Tampa da Panela

A arruela da aduela da janela está frouxa, toda ela. É preciso apertá-la com uma chave de boca, daquelas de parafusar. Além de fria, uma chave de boca deve ser difícil de beijar. Diz por aí o ditado que toda tampa tem sua panela. A tampa da chave de boca deve ser a arruela daContinuar lendo “Tampa da Panela”

Terra de Mazelas

Somos filhos desta terra donde o sangue tinge o chão expurgo das tristes mazelas que formaram esta nação. O assassinato do povo nativo exterminado e violentado aos milhões aos sobreviventes deram o nome de índio corrompendo sua alma nas missões O lamento do povo africano pele, sangue e suor servil supliciado ao lucro do brancoContinuar lendo “Terra de Mazelas”