Apaixonar-se

Apaixonei-me por teus olhos cintilantes teus lábios marcantes abraços entusiasmantes tua euforia cativante Apaixonei-me pelo teu cheiro forte que impregnou meus sentidos deixando-me perdida entregue à própria sorte Não obstante retomei o controle abandonando as expectativas de amor para uma vida Enquanto você sem demora embriagava outros corpos tecendo tua mentira como outrora. Autora JeaneContinuar lendo “Apaixonar-se”

Tampa da Panela

A arruela da aduela da janela está frouxa, toda ela. É preciso apertá-la com uma chave de boca, daquelas de parafusar. Além de fria, uma chave de boca deve ser difícil de beijar. Diz por aí o ditado que toda tampa tem sua panela. A tampa da chave de boca deve ser a arruela daContinuar lendo “Tampa da Panela”

Lições sobre a Soberba em “O Conto da Aia”

Dos sete pecados capitais, a soberba é considerada a raiz de todos os outros. Enquadra-se aqui a prepotência, arrogância… Achar-se “superior” ao outro e por isso mais “merecedor” de benesses em detrimento dos demais que não são abençoados com suas honoráveis virtudes. Ao acreditar nesse pensamento, a pessoa entende que pode tudo e passa porContinuar lendo “Lições sobre a Soberba em “O Conto da Aia””