Realidade Devassada

Muitas lendas e mitos antigos se espalharam no imaginário popular devido à aura de mistério que carregavam. Pense no monstro do lago Ness: uma pessoa deve ter visto algo estranho pelo lago, contou aos outros que podem ter acreditado ou não no sujeito, mas já ficaram com a pulga atrás da orelha. Com relatos semelhantesContinuar lendo “Realidade Devassada”

A fantasia ao serviço da tolerância

Ler A História sem fim e Harry Potter para um mundo melhor A autora britânica Rosalind Jana escreveu num artigo: “To read is to exist in two places at once.” (Ler é existir em dois lugares ao mesmo tempo, em livre tradução). Como leitora, não posso discordar e ainda acrescento: essa dupla existência torna muitosContinuar lendo “A fantasia ao serviço da tolerância”

Céus de Chumbo

Organização: Paola Giometti | Editora: Andross | Ano: 2016 Principais temas envolvidos: Fantasia | Realismo Fantático | Distopia | Tecnologia | Futuro Sinopse Em um ambiente cinza, sem sorrisos nem esperanças, pensamentos díspares são encarados como ameaças aos que governam com mão de ferro e intimidações de chumbo. Nessa atmosfera distópica, ou se vive oprimidoContinuar lendo “Céus de Chumbo”

Baladas Medievais

Organização: Leandro Schulai | Autor convidado: Daniel Constantini | Editora: Andross | Ano: 2017 Principais temas envolvidos: Fantasia | Realismo Fantático | Era medieval | Guerra | Magia | Monstro | Idade Média Sinopse Na Idade Média, menestréis cantavam histórias populares ao som de alaúdes, narrando aventuras sobre cavaleiros, damas, amores e coisas insólitas, comoContinuar lendo “Baladas Medievais”

Além da Magia

Organização: Daniel Constantini | Editora: Andross | Ano: 2018 Principais temas envolvidos: Fantasia | Realismo Fantático | Era medieval | Monstro | Magia | Bruxaria | Alquimia | Ficção científica | Distopia Sinopse Feitiços, bruxas, dragões e alquimia. Mas também distopias, ficção científica e histórias com temática steampunk. O fantástico vai além da magia paraContinuar lendo “Além da Magia”

Odisseia dos Dragões

Organização: Leandro Dupré Cardoso | Editora: Andross | Ano: 2019 Principais temas envolvidos: Dragões | Fantasia | Realismo Fantático | Era medieval | Monstro | Sombra Sinopse Desde tempos imemoriais, dragões representam ameaças a reinos ocidentais e proteção a povos orientais. O fascínio causado por essas criaturas inspirou obras ficcionais que se perpetuam e geramContinuar lendo “Odisseia dos Dragões”

Quem tem medo do Boitatá?

O boitatá é uma lenda indígena brasileira que chegou a ser descrita pelos primeiros jesuítas colonizadores e tornou-se parte integrante de culturas regionais. A gigante serpente de fogo que devora viajantes incautos estimulou várias crendices de proteção durante passeios noturnos, desde permanecer imóvel ou enlaçar a criatura para sobreviver. No entanto, depois do crescimento daContinuar lendo “Quem tem medo do Boitatá?”

O Pinheiro e a Clínica Prodigiosa

Autor: Leandro Dupré Cardoso | Editora: Clube de Autores | Ano: 2019 Principais temas envolvidos: Autoconhecimento | Ambientalismo | Revolução Industrial | Natureza | Ecologia | Realismo Fantástico | Sustentabilidade Sinopse Bolotas, ganhei companhia de novo! Agora que o Esquilo Peralta voltou com mais uma turma de outros animais é que a Floresta Caduca vaiContinuar lendo “O Pinheiro e a Clínica Prodigiosa”

Análise: O fim da eternidade – Isaac Asimov

Gosta de muitas surpresas mescladas com cenas futurísticas de viagens no tempo e mudanças de realidade? Então, “O fim da eternidade” talvez seja uma boa história para se envolver em tempo e espaço. A carga de ficção é bem forte do começo ao fim, já que o próprio período da narrativa não é claro: vocêContinuar lendo “Análise: O fim da eternidade – Isaac Asimov”

Análise: O labirinto do fauno

Esse filme é um daqueles que te faz sair da zona de conforto. Logo que acabou não consegui falar nada por alguns instantes devido a essa trama perturbadora e que realmente vale a pena de ser conferida. À primeira vista, “O labirinto do fauno” parece um filme infantil, com uma garotinha como protagonista que viveContinuar lendo “Análise: O labirinto do fauno”